Em Bariri, tivemos o imenso prazer de encontrar com o Cavinha, o José Augusto Barboza Cava, que nos apresentou um pouco de como será o Museu Mário Fava.

Cavinha deu um presente muito especial para a Expedição Margarita, um exemplar do livro de Osni Ferrari “Eu não sabia que era tão longe”

Mas quem foi Mário Fava???

Ele foi um dos três desbravadores, junto com  Leônidas Borges de Oliveira e Francisco Lopes da Cruz, que em 1928 saíram do Rio de Janeiro rumo ao Estados Unidos com o intuito de construir uma estrada que ligasse as três Américas, algo que ainda hoje é bem difícil. Hoje essa é a Rodovia Pan-Americana.

Imagina você há 86 anos fazendo essa travessia…. é algo que arrepia só de pensar!

E porquê Bariri?

Guiseppe Mário Fava, filho de imigrantes italianos, era um aprendiz de mecânico, nasceu em Bariri em 1907 e tinha o sonho de ir aos Estados Unidos conhecer Thomas Edson, o inventor da lâmpada incandescente.  

Expedição Margarita, Cavinha e a estátua de Mário Fava

A Expedição formada por Leônidas Borges de Oliveira e Francisco Lopes da Cruz teve uma baixa do mecânico que os acompanhava. Mario Fava se une a eles em Pederneiras – SP, onde um dos carros deu problema. Nesse momento ele fica sabendo que os dois expedicionários estão a caminho dos Estados Unidos e precisam de um mecânico, ele não pensou duas vezes e uniu-se a eles nessa aventura.  

Trajeto de uma parte da expedição pela Pan-Americana, estrada que uniria as 3 Américas.
Fonte: Estadão.com.br

O três expedicionários demoraram 10 anos para finalizar a Expedição. Eles eram recebidos como visitas ilustres pelos lugares que passaram, e recrutavam pessoas para ajudar na construção das estradas, tiveram ajuda dos militares, policiais e civis, alguns eram por vontade própria e outros eram recrutados.

Carol conversando com Cavinha do lado do Ford T 1923

Todos os documentos com história dessa Expedição estavam guardados na Bolívia, com o filho de Oliveira, ele se mudou para lá depois de retornar da Expedição, e foi descoberto em 1998 por acaso pelo historiador Beto Braga, enquanto estava em um hospital.

 

 

 

Beto Braga tentou entrar em contato com os exploradores e Mário Fava era o único que estava vivo, ele tinha 94 anos e confirmou a história, contando ainda mais detalhes.

 

O Museu Mário Fava em Bariri tem a previsão de inauguração em Junho de 2018 e conta a história dessa Expedição através de fotos e documentos, e também um pouco mais sobre a vida de Mário Fava e a cereja do bolo é um dos carros que foi utilizado por eles, que também fará parte do museu.

Museo Mário Fava, ainda em construção

Cada história que ouvimos sobre essa Expedição íamos nos identificando com eles e querendo saber muito mais. Um dos momentos mais emocionantes da visita foi quando Cavinha nos mostrou um dos carros da aventura pela Pan-Americana. O veículo é um modelo Ford T, construído no ano 1923. Durante a expedição o carro foi reformado no México, antes de chegar nos Estados Unidos. O presidente do México os presenteou com a reforma do veículo, impressionado pela grande coragem dos três aventureiros brasileiros. Falam que Henry Ford (O dono da companhia Ford), na chegada dos aventureiros nos Estados Unidos, ofereceu um cheque em branco em troca pelos dois carros, mais eles acabaram rejeitando, trazendo os carros de volta para o Brasil.

Sobre essa travessia histórica foram lançados dois livros:

  • “Eu não sabia que era tão longe”

o   Autor: Osni Ferrari – Editora: City Gráfica

  • “O Brasil através das três Américas”

o   Autor: Beto Braga – Editora: Canal 6

O jornal Estadão também fez uma reportagem bem bacana e completa da expedição de Mário Fava,  Leônidas Borges de Oliveira e Francisco Lopes da Cruz. Vale a pena conferir.

http://infograficos.estadao.com.br/e/especiais/carretera-panamericana/

Se você também se identificou com essa história incrível, fica de olho na data de abertura do museu, que tem previsão para o segundo semestre de 2018.

 

Não podemos deixar de fazer um agradecimento especial ao Cavinha, que nos proporcionou essa experiência inesquecível e nos fez viajar junto nessa Expedição.

E você, já pensou como seria se aventurar por essas estradas???

Acompanhe a gente nas redes sociais

2 Comentários

César Paes · 2018-02-18 às 16:49

Parabéns a todos os envolvidos no resgate dessa história fantástica, especialmente ao Cavinha. Muito Sucesso!

    scostasvila · 2018-02-23 às 21:25

    Obrigado a você por ler nossa historia. Fuimos muito afortunados por conhecer a Cavinha e a história de Mário Fava tão bem contada 🙂 Abraço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *